Páginas de beleza ganham novas adeptas e tornam próspera a profissão blogueira

Gabriela Ferigato

 
Se algum morador de São Paulo (SP) nunca tinha visto ou ouvido falar de Camila Coelho, isso logo mudou após a agressiva campanha de marketing do Youtube no Brasil. Seu rosto passou a estampar anúncios em diversos pontos de ônibus e táxis, relógios e estações de metrô.

Atualmente, Camila possui mais de 256 vídeos postados na rede social com tutoriais de maquiagens. São mais de um milhão de inscritos em seu canal, 402 mil fãs no Facebook,145 mil seguidores no Twitter e dois milhões no Instagram. Assim como ela, muitas garotas já provaram que a profissão blogueira vai muito bem, obrigada.

No ar desde 2008, as jornalistas Thaís Marques, Marina Fabri e a designer Sabrina Olivetti não pensavam em monetizar o blog Coisas de Diva, mas as oportunidades de negócio foram surgindo e elas resolveram se adaptar ao que o mercado estava querendo.


Crédito:Divulgação
Thais Marques, do blog "Coisas de Diva"


O Coisas de Diva conta com um mídia kit com todos os formatos e valores de publicidade disponíveis tanto no blog quanto nas redes sociais e, além disso, trabalham com posts patrocinados, banners e oferecem palestras sobre beleza e participação em eventos. 

“Temos muitas leitoras fiéis, daquelas que nos leem há mais de seis anos. Mas também ganhamos nova audiência. O perfil dessas leitoras é muito parecido - são como nós, com idade, interesses e gostos parecidos. Escrevemos da forma que gostamos e muitas pessoas se identificam”, destaca Thaís.

De acordo com uma pesquisa de opinião, realizada em julho de 2014 com quase dez mil leitores, o público do Coisas de Diva é jovem, com 31% na faixa etária de 16 a 35 anos, cursando ou com ensino superior completo e 54% tem renda familiar até seis salários mínimos. Além disso, 30% do público gasta até R$ 200 por mês em cosméticos e tem conhecimentos básicos em maquiagem. 

Outro aspecto importante para as blogueiras é a interação com suas leitoras. Segundo a mineira Carol Alcântara, do Blog Dona Onça, criado em 2010, os principais canais são as redes sociais, em especial o Instagram. 
Crédito:Divulgação
Carol Alcântara, do blog "Dona Onça"


“Recebo muitos e-mails com pedido de dicas e sugestões de posts. Isso sem falar dos comentários na página. Tento deixar esse contato de forma mais fácil possível, pois para mim é super importante saber o que as leitoras estão pensando sobre o blog e como posso melhorar”, opina Carol. 

Segundo ela, com o passar dos anos o perfil das leitoras não mudou, mas se ampliou. “Hoje recebo mais mensagens de pessoas de diversas partes do país e até do exterior. Muitas acompanham o blog desde o começo, o que é uma honra para mim”, afirma.

O Depois dos Quinze surgiu quase como um diário, quando Bruna Vieira sentiu vontade de desabafar sobre um momento difícil que estava passando, mas com o tempo o blog virou seu trabalho. Desde 2008, quando criou o espaço, a página recebeu cerca de 130 milhões de acessos. 
Crédito:Divulgação
Bruna Vieira, do "Depois dos Quinze"


Hoje, aos 20 anos, Bruna já publicou dois livros e se tornou colunista da Revista Capricho. Segundo ela, a linguagem editorial do Depois dos Quinze mudou com o passar dos anos, mas, no geral, continua conversando com o público de um jeito leve. “A ideia é que você se sinta em casa. Como se tivesse conversando com um amigo mesmo”.

No mesmo ritmo da popularização de páginas sobre moda e beleza surgiram também blogs com outro viés, os feministas. Bruna afirma que sempre que possível discute sobre o tema no Depois dos Quinze, inclusive já convidou duas especialistas no assunto para falarem com mais propriedade sobre ele. 

“Sempre tentei descontruir esses padrões de beleza. A adolescência já é uma fase muito complicada para ficar ditando o que uma menina deve ou não fazer. Também gosto de lembrar que precisamos aceitar nosso corpo da maneira que ele é. Por isso faço questão de sempre lembrar disso nos looks do dia, onde uso o que gosto e não necessariamente o que me faz parecer mais magra”, opina. 

Durante todo o mês de março, IMPRENSA alimentará o site especial "Mulheres que Inspiram", com matérias especiais sobre as mulheres nas redações. Para ler este conteúdo, nos contar e homenagear a mulher que inspira você, basta acessar o site, clicando aqui

 
Que mulher te inspira?
Conte para nós quem é e faça uma homenagem a ela.
Blogueiros "machões" viram leitores por um dia de publicações femininas


Blogs conquistam espaço ao dar voz às “esquecidas” pela grande mídia


As marcas e o legado do “furacão jornalístico” que foi Patrícia Galvão, a lendária Pagu


Também no jornalismo, mulheres tomam parte em áreas tipicamente masculinas


Mulheres cartunistas revelam os desafios do mercado de quadrinhos brasileiro
 
 
Que mulher te inspira?
Conte para nós quem é e faça uma homenagem a ela.
  Portal IMPRENSA  
   
  Notícias Revista IMPRENSA IMPRENSA Mídia

IMPRENSA na TV

Eventos Oficinas Anuncie Contato  
  Home Home Home Programas Home Cursos Home Editora  
  Opinião Assine Edição do Mês Canal no Youtube Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo Conheça + Portal IMPRENSA Redação  
  Especiais Edição do Mês     Prêmio SEBRAE de Jornalismo Descontos Revista IMPRENSA    
  PR Newswire Acervo IMPRENSA     Troféu Mulher IMPRENSA Regulamento IMPRENSA Mídia    
          Fórum Água em Pauta Contato      
          Fórum Liberdade de Imprensa        
          Fórum AIDS e o Brasil        
          Mídia.JOR        
                   


Imprensa Editorial Ltda.
R. Camburiú, 505 - 2º andar - Alto da Lapa | São Paulo/SP CEP 05058-020
www.portalimprensa.com.br | Tel: 011 3729 -6300/4800
.