"O 'Deu Olé!' é minha maior alegria e conquista profissional”, diz Andreoli

Jéssica Oliveira* | 15/06/2012 18:20
Aos sete anos, o jornalista Felipe Andreoli tinha um sonho. Fanático por televisão e por esportes, ainda criança imaginava como seria ter seu próprio programa sobre o assunto. O tempo passou, ele cresceu e o sonho se tornou realidade. Estreia no próximo sábado (16/6), às 14h15, na Band, o “Deu Olé!”. “Ver isso se realizando agora é minha maior alegria e conquista profissional”, diz Andreoli, também repórter do “CQC” na mesma emissora. 

Leia também

Ao lado da jornalista Paloma Tocci e do ex-jogador Denilson, Andreoli comanda a atração que tem como tônica o uso do bom humor, da descontração e da leveza, mas “sem ter a obrigação de ser engraçado”. “Não é um programa de humor”, ressalta. A nova atração une informação e entretenimento sobre os assuntos mais importantes na semana esportiva visto sob um novo olhar.
Crédito:Divulgação/BAND
Anúncio final do "Deu Olé!"

Um aspecto central é a interação com o público na internet. Segundo Andreoli, em um dos quadros os internautas poderão enviar um vídeo com suas habilidades esportivas e o programa vai testar se atletas profissionais fazem o mesmo. Já quem for habilidoso na música tem a chance de ver seu material usado de fundo em vídeo feito com as imagens da semana. O objetivo é manter essa ponte com o outro lado da telinha. “Hoje, a interação com o público tem que ser pela internet também e não só pela TV”, afirma o jornalista.

Para o repórter, o programa de estreia, gravado na última quinta-feira (14/6), deixou a equipe muito feliz. Satisfeitos e animados com a gravação dos pilotos, ao ouvir “valendo” Andreoli, Paloma e Denilson sentiram e fizeram como se fosse ao vivo. “Mesmo gravado, tentamos fazer tudo direto para manter a naturalidade, que é o ponto forte do programa”, explicou. “Saímos de lá com uma sensação muito boa. Está dando uma química muito boa no estúdio”, disse. 

Por ser exibido aos sábados, a principio o programa será gravado para deixar Andreoli com esse dia da semana livre, já que continua como repórter do “CQC” e costuma viajar muito em suas pautas. O mesmo vale para Denilson, que também precisa por enquanto de seus sábados dedicados aos comentários na emissora. “Mas com o tempo, com o programa crescendo e a gente sentindo mais segurança acredito que torná-lo ao vivo seja o caminho natural”, disse.

5 anos depois
A jornalista Paloma Tocci, que comandava os programas "RedeTV! Esporte" e "Belas na Rede" na Rede TV!, retornou à Band. Paloma havia trabalhado na emissora entre os anos de 2006 e 2010 como repórter do programa "Jogo Aberto", de Renata Fan. Inclusive, ela e Andreoli foram repórteres ao mesmo tempo, em 2007, quando o jornalista entrou na emissora. “Não foi nada combinado. Quando montamos a equipe sugeri o Denilson que tem um jeito parecido comigo. Também queria uma mulher no programa que entendesse de esporte e que trouxesse leveza e bom humor. Chamamos a Paloma”, recorda. 

Sentado, na frente da TV
Autocrítico assumido, Andreoli diz que vai se sentir estreando na telinha. "E vou assistir. Sempre vejo o CQC e acho que minha matéria foi uma porcaria, mas não dá para ficar conformado. Uma autocrítica acentuada ajuda a melhorar sempre”, enfatiza. 

Visivelmente feliz e empolgado com o novo desafio, Andreoli se envolveu com o processo de negociação e preparo do programa de tal forma que ainda não teve tempo para “saborear“ o sonho que se tornou realidade. Parece que a "ficha só vai cair" amanhã, quando ele estiver na frente da TV sorrindo como um menino. 
 
* Com supervisão de Vanessa Gonçalves.