Deputado lança revista e discursa para se defender de condenação no mensalão

Redação Portal IMPRENSA | 11/12/2013 14:00
Na tarde desta quarta-feira (11/12), o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) planeja lançar uma revista e promover um discurso para se defender da condenação por envolvimento no esquema do mensalão. O evento deverá começará às 16h, no plenário da Câmara.

Crédito:Agência Brasil
Em publicação, deputado promete se defender de acusações

Segundo o Terra, o deputado federal foi condenado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. Ele foi sentenciado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado. 

De acordo com a denúncia, Cunha recebeu R$ 50 mil do esquema comandado por Marcos Valério para contratar uma das agências do empresário quando presidia a Casa e se beneficiou de desvios de recursos públicos.

João Paulo Cunha é um dos réus que têm direito a apresentar embargos infringentes, por ter sido condenado por uma margem estreita no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 11 ministros à época na Corte, cinco concluíram que ele era inocente do crime de lavagem de dinheiro. O Supremo deve esperar o julgamento de todos os recursos para determinar a pena de prisão do deputado.

Leia também
Em renúncia, Genoino, preso por envolvimento no mensalão, faz críticas à imprensa
- STJ nega recurso de ex-presidente da Transbrasil em ação contra “IstoÉ” e jornalista