Editora Globo anuncia fim da edição mensal de “Época SP” e nega demissão da equipe

Vanessa Gonçalves | 19/12/2013 15:00
Nesta quinta-feira (19/12), a Editora Globo emitiu um comunicado anunciando que, a partir de janeiro de 2014, Época São Paulo deixará de ser um título mensal regular. A revista passará a ser publicada somente em edições comemorativas e especiais, como o prêmio "O Melhor de São Paulo", que será mantido. 

Crédito:Reprodução
Revista não circulará mensalmente e terá apenas edições especiais

“Com isso, pretendemos nos adaptar às atuais condições do mercado anunciante e concentrar nossas energias e esforços para manter a saúde e a rentabilidade das nossas marcas”, escreveu o diretor-geral da empresa, Frederic Kachar.

“Agradecemos a toda a equipe que tem produzido Época São Paulo, liderada pelo diretor de redação Celso Masson, pelo competente e valioso trabalho desenvolvido até hoje”, finaliza o executivo.

A última edição da revista trouxe um especial sobre mobilidade urbana, no qual questiona a construção de uma série decorredores exclusivos de ônibus em São Paulo. A matéria intitulada “Faixa exclusiva de ônibus: Haddad achava mesmo que o paulistano deixaria o carro em casa?” gerou grande repercussão nas redes sociais e uma carta-aberta do site Cidade Para Pessoas criticando a reportagem.

IMPRENSA apurou que, com a mudança, haveria a possibilidade da equipe de Época São Paulo ser cortada. Entretanto, a assessoria da editora disse que, no momento, não há um movimento que resulte na demissão dos profissionais responsáveis pela revista. Sendo assim, todos permanecem na empresa até segunda ordem.

Leia também
Diretor de redação da “Época SP” responde críticas à reportagem sobre mobilidade urbana
Chega às bancas "The São Paulo Times"; jornal promete abordagem reflexiva dos fatos
Adotar o cargo de ombudsman ainda é um desafio para jornais em todo mundo.