Após quase dois anos, envolvidos na morte de Décio Sá são condenados no MA

Redação Portal IMPRENSA | 05/02/2014 09:00
Jhonathan de Sousa Silva e Marcos Bruno Silva de Oliveira, acusados de assassinar o jornalista Décio Sá, em abril de 2012, em um restaurante em São Luís (MA), foram condenados na madrugada da última quarta-feira (4/2).

Crédito:Divulgação
Assassinos do jornalista (foto) foram condenados quase dois anos após o crime

De acordo com a Folha de S. Paulo, Silva, réu confesso do crime, foi condenado a 23 anos e três meses de prisão, enquanto Oliveira, que o ajudou, recebeu pena de 18 anos e três meses de prisão. Ambos cumprirão as sentenças em regime fechado.

O jornalista foi morto a tiros dentro de um restaurante na avenida Litorânea, em São Luís (MA). Sá atuava como repórter de política do jornal O Estado do Maranhão e se dedicava a um blog sobre o tema, onde publicava textos sobre crimes e cotidiano.