Polícia divulga foto do suspeito de acender rojão que atingiu cinegrafista da Band

Redação Portal IMPRENSA | 11/02/2014 12:00
Na manhã desta terça-feira (11/2), a Polícia Civil divulgou a foto de Caio Silva de Souza, de 23 anos, suspeito de acender o rojão que atingiu o cinegrafista Santiago Andrade, da Bandeirantes. Os policiais ainda fazem buscas para cumprir o mandado de prisão temporária contra o jovem.

Segundo o jornal O Globo, o títular da 17ª DP de São Cristóvão, Maurício Luciano Almeida, o suspeito e o tatuador Fábio Raposo vão responder a crime de homicídio doloso qualificado pelo uso de explosivo e crime de explosão. Ambos vão a júri popular.

Crédito:Divulgação/Polícia Civil
Caio Silva de Souza, de 23 anos, está foragido


"Não tenho a menor dúvida de que os dois agiram com a intenção de matar quando lançaram o artefato explosivo durante a manifestação. Não descarto a possibilidade de pedir ajuda à Polícia Federal ou à Interpol caso a gente descubra que o segundo acusado fugiu para outro estado ou para outro país", enfatizou o delegado. 

O advogado Jonas Tadeu Nunes, que defende Raposo, entregou o nome do acusado à polícia e espera que o cliente consiga o benefício da deleção premiada. Tadeu disse ainda que ofereceu seus serviços ao segundo envolvido, garantindo que também o defenderia.

Velório de Santiago Andrade

O velório do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade está marcado para a próxima quinta-feira (13/2), das 7h às 11h, no Memorial do Carmo, no Caju. O corpo dele será cremado.
Comentários
Termos de Uso | Comentários sujeitos a moderação
Comentário:
Escolha uma das opções abaixo para comentar:
Login - Portal Imprensa
Portal Imprensa
Facebook