Cinegrafista é assassinado a tiros no interior do Rio Grande do Norte

Redação Portal IMPRENSA | 17/02/2014 11:30
O cinegrafista José Lacerda da Silva, de 50 anos, foi morto a tiros, na noite do último domingo (16/2), em Mossoró (RN), a 285 km de Natal. O profissional prestava serviços para o Grupo TCM de Comunicação.

Crédito:Divulgação/TCM
Cinegrafista foi morto a tiros em Mossoró (RN)

Segundo o UOL, a polícia informou que ele foi atingido por dois disparos quando estava andando na rua. Homens que estavam em um carro atiraram contra Silva, que ainda chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao Hospital Regional de Mossoró. Ainda não há informações sobre os suspeitos.

Em nota, o grupo TCM lamentou a morte e disse que o repórter cinematográfico tinha mais de 20 anos de experiência e há 11 trabalhava na TV Cabo Mossoró. "A morte do nosso companheiro José Lacerda deixa uma lacuna dolorosa e um profundo sentimento de tristeza em toda a imprensa do Rio Grande do Norte. Esperamos que a Justiça e as autoridades competentes possam esclarecer as circunstâncias desse crime e punir os responsáveis".

Lacerda havia completado 50 anos há sete dias, era casado e deixa seis filhos . O corpo dele será levado, ainda na manhã desta segunda-feira (17/2), para ser enterrado no município de Luiz Gomes (RN), sua terra natal.