Boechat chama Sheherazade de "fascista", mas defende direito dela se expressar

Redação Portal IMPRENSA | 24/02/2014 12:30
O polêmico comentário da jornalista e âncora do "SBT Brasil", Rachel Sheherazade, sobre os justiceiros do Rio de Janeiro (RJ), que prenderam a um poste um suposto assaltante, virou novamente alvo de críticas. Agora, Ricardo Boechat, da Band, manifestou sua opinião sobre as declarações.

Crédito:Divulgação
Jornalista disse que Rachel Sheherazade é "fascista"

Segundo a coluna "Outro Canal", da Folha de S.Paulo, durante seu programa de rádio na BandNews da última sexta-feira (21/2), Boechat chamou Rachel de "fascista" e disse que o comentário dela era "abominável".

O jornalista disse que mencionou a âncora como um exemplo em um comentário de defesa da liberdade de expressão, e ressaltou que, não é porque ele abomina o que ela disse, que Rachel não tem o direito de expressar o que pensa. 

Leia também