Boechat faz alusão a Rachel Sheherazade em comentário sobre linchamento

Redação Portal IMPRENSA | 06/05/2014 16:00
Na última segunda-feira (5/5), o jornalista Ricardo Boechat falou de forma implícita sobre o comportamento da colega Rachel Sheherazade, do SBT, ao comentar o linchamento de uma mulher no Guarujá, litoral de SP. Durante o "Jornal da Band", o âncora culpou, entre outros fatores, "pessoas da TV que estimulam justiça com as próprias mãos" em casos de crime como esse.

Crédito:Reprodução
Apresentador "cobrou" Rachel Sheherazade por linchamento de mulher no litoral de SP

Segundo o portal BOL, a vítima do linchamento foi confundida com o retrato falado de uma pessoa que estaria sequestrando crianças para rituais de magia negra. "Nesse crime aí, minha gente, tem tanta responsabilidade por ele o autor do boato espalhado pela internet, quanto pessoas que, mesmo em emissoras de TV, estimulam a cultura da justiça com as próprias mãos", afirmou Boechat.

"Isso está dentro do mesmo panorama, que propicia, estimula, que justifica linchamentos como os que nós andamos vendo recentemente. [...] É hora dessas pessoas agora virem a público e dizer como se sentem diante da consumação de sua própria teoria na prática", completou o jornalista.

Em fevereiro, após um adolescente acusado de furto ter sido amarrado a um poste e espancado no Rio de Janeiro (RJ), Rachel Sheherazade afirmou no "SBT Brasil" que "a atitude dos 'vingadores' é até compreensível". Na época, Boechat disse que a apresentadora era "fascista", mas defendeu seu direito a liberdade de expressão. 

Assista ao vídeo:


Leia também