Gregório Duvivier incorpora editora de "Ilustrada" para satirizar atrasos na "Folha"

Redação Portal IMPRENSA | 17/06/2014 11:30
O humorista Gregório Duvivier, do Porta dos Fundos, resolveu escrever sua coluna na Folha de S.Paulo da última segunda-feira (16/6) sob um novo ponto de vista. Ele incorporou a jornalista Heloísa Helvécia, editora do caderno "Ilustrada", para satirizar os constantes atrasos na entrega de seu texto.

Sob o título "Autor não encontrado", o ator escreveu todo o texto como se fosse Heloísa, o que gerou certa curiosidade aos leitores que acompanham sua coluna. "Quem está escrevendo agora é a editora desse caderno, que precisou preencher em cima da hora o buraco que o Gregório deixou, por não ser um bom profissional", escreveu.

Duvivier segue com a brincadeira e relata que toda a semana é a mesma correria para fechar a coluna, o que atrasa o trabalho de diagramadores, editores, revisores e, em especial, a ilustradora, que tem de improvisar um desenho sobre o assunto.

Crédito:Divulgação
Apesar de notório atrasador, seu talento compensa, diz Sérgio Dávilla, editor-executivo da "Folha", sobre Duvivier
"Já pedimos algumas vezes que ele se programasse para mandar o texto com antecedência, mas ele ora pede desculpas e diz que está passando por maus bocados 'em casa com a patroa' (sic) ora pede que 'parem de encher a porra do meu saco, eu sou um artista livreeee" (sic)", acrescenta.

O humorista finaliza o texto ironizando o fato de escrever uma coluna. "A temática também é sempre a mesma: basta aproveitar este espaço pra divulgar causas pessoais e se autopromover. Seguinte; tô vendendo um Corsa 2003 sedan quatro portas única dona favor ligar para a Folha e tratar com Heloísa Helvécia".

À IMPRENSA, o editor-executivo da Folha, Sérgio Dávila, confirmou que o texto foi escrito pelo humorista, destacando seu estilo irônico, que "o consagrou". Segundo Dávila, apesar do colunista ser um "notório atrasador, o "talento compensa".

Leia também: