Às vésperas da eleição, Rachel Sheherazade se afasta do SBT para fazer cirurgia

Redação Portal IMPRENSA | 14/10/2014 11:00
Às vésperas do segundo turno das eleições presidenciais, a jornalista Rachel Sheherazade decidiu se afastar da bancada do "SBT Brasil". A âncora está fora do noticiário desde a última segunda-feira (13/10).

Crédito:Divulgação
Jornalista será substituída por Karyn Bravo até 23 de outubro

Segundo o Notícias da TV, o canal alega que ela pediu licença médica para se submeter a uma operação e deve voltar ao ar em uma semana. A substituta Karyn Bravo, entretanto, disse em sua conta no Twitter que ficará dez dias no noticiário, até 23 de outubro, último dia de propaganda política.

A jornalista, que foi proibida de emitir opiniões no "SBT Brasil", tem utilizado as redes sociais para criticar o governo. Em suas páginas no Twitter e no Facebook, ela comenta os escândalos e critica a presidente Dilma Rousseff (PT).

Rachel Sheherazade foi impedida de comentar no telejornal depois de ter dito, em fevereiro deste ano, que é "compreensível" o ato de um grupo de justiceiros que amarram um suposto assaltante de 15 anos a um poste no Rio de Janeiro (RJ).

Leia também