"Folha" demite 13 jornalistas por problemas financeiros; novos cortes podem acontecer

Alana Rodrigues* | 05/11/2014 11:30
Atualizada às 09:22

O jornal Folha de S.Paulo iniciou no fim da tarde da última terça-feira (4/11) um processo de demissões de seus funcionários. Até o momento, foram realizados 13 cortes e a publicação garante que não haverá mais.

Crédito:Reprodução
Jornal demitiu 15 jornalistas, mas pode cortar mais profissionais

Entre os demitidos estão os repórteres Flávia Marreiro, ex-correspondente do jornal em Caracas, Eduardo Ohata, de "Esportes"; Ana Krepp, de "Cotidiano"; Lívia Scatena, de "Gastronomia"; Euclides Santos Mendes, Editor do "Painel do Leitor"; Samy Charanek, pauteiro de "Cotidiano"; Gislaine Gutierre, "Ilustrada";  e Thiago Guimarães, coordenador adjunto da Agência Folha.

O jornal também realizou mudanças na redação. O pauteiro de "Poder", Claudio Augusto, atende agora o caderno "Cotidiano".  

Sem dar muitos detalhes, a Folha alegou aos funcionários que os cortes foram realizados por motivações econômicas. À IMPRENSA, Sérgio Dávila, Diretor Executivo do jornal, confirmou as demissões.

O Secretário de Redação, Vinicius Mota, informou que a contratação e saída de funcionários são rotineiras numa empresa do porte da Folha. "O jornal realiza no final deste ano desligamentos pontuais, além de um corte nas despesas de custeio, a fim de ajustar o seu orçamento ao mau desempenho das receitas publicitárias, fruto da estagnação prolongada da economia brasileira", explicou.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) divulgou nota para criticar a medida. A entidade informou que deve realizar uma reunião com a empresa às 11h desta quinta-feira (6/11).
 
"O Sindicato dos Jornalistas se opõe a qualquer demissão em nosso setor, e, na reunião, expressará sua posição, em defesa dos direitos dos jornalistas (...) Enfrentamos uma luta de fôlego: defender o mercado de trabalho para a categoria, preservando uma atividade essencial para a democracia: o bom jornalismo", acrescenta.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves.

Leia também