Jornalista do "Estadão" é atingido por bala de borracha durante protesto em SP

Redação Portal IMPRENSA | 26/01/2015 09:30
O jornalista Edgar Maciel, do jornal O Estado de S. Paulo, foi atingido na perna por uma bala de borracha enquanto cobria uma manifestação contra aumento do preço das passagens dos transportes públicos em São Paulo (SP) na última sexta-feira (23/01). 

Crédito:Reprodução/Facebook
Jornalista fazia cobertura do protesto quando foi atingido pela bala de borracha disparada pela PM

De acordo com o "Jornal Nacional", Maciel levou três pontos e passa bem. Em nota enviada ao jornal, a Polícia Militar alegou que usou balas de borracha e granadas de efeito moral, pois manifestantes jogaram um artefato explosivo e pedras contra os policiais.

A polícia convidou o jornalista a formalizar a queixa contra os PMs na Corregedoria da Polícia Militar. O Estado de S. Paulo não comentou o assunto.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) repudiou o ataque. A entidade vê com preocupação o acirramento da violência durante os protestos de rua e pede às autoridades responsáveis a apuração dos fatos.

Leia também