PT acusa "Estadão" de manipular dados em matéria sobre investimento em educação

Redação Portal IMPRENSA | 27/01/2015 11:00
O Partido dos Trabalhadores (PT) criticou uma matéria publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo na última segunda-feira (26/01) sobre investimento em educação. A sigla acusa a publicação de manipular informações.

Crédito:Agência Brasil
PT criticou matéria que avalia investimentos do governo Dilma na educação

O texto, publicado no site do PT, foi compartilhado no perfil oficial da presidente Dilma Rousseff no Facebook. "A presidenta Dilma Rousseff foi responsável por um aumento nominal de 93% nos investimentos na educação, quando comparado com o último governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", defende a nota.

Para o partido, a informação veio escondida no pé da matéria. “Isso porque o jornal paulistano preferiu esconder o aumento no orçamento do setor, cerca de R$ 265 bilhões, em quatro anos. Optou por manipular as estatísticas”, diz um trecho da nota.

Com o título “Em 4 anos de Dilma, MEC teve a pior execução do orçamento, desde 2001?, a matéria faz uma comparação entre os governos petista e tucano.  “Quem se aventurou até o fim do texto, no entanto, foi surpreendido pela verdade: o desempenho em execução do orçamento só foi menor nos dois últimos anos de FHC”, acrescenta o PT.

O partido questiona que as informações, embora positivas em relação ao desempenho da presidente, podem ter sido utilizadas contra ela. “Contra Dilma, investimento recorde em educação vira notícia negativa”, destaca.

Leia também
- Fotógrafo processa Nike por quebra de direito autoral em foto que originou logotipo da marca
- Ex-presidente Lula move ação contra jornalista que noticiou suposta recaída de câncer
- Instituto Lula desmente notícia de blogueiro do UOL sobre novo câncer do ex-presidente