Secretário de Comunicação Social do PR pede demissão; chefe de gabinete assume a pasta

Redação Portal IMPRENSA | 31/03/2015 10:30
O jornalista Marcelo Simas do Amaral Cattani pediu demissão na última segunda-feira (30/3) da Secretaria de Comunicação Social do Paraná. O governador Beto Richa (PSDB) aceitou o pedido e indicou o também jornalista Deonilson Roldo, atual chefe de gabinete, para acumular interinamente a Pasta.

Crédito:Agência Estadual de Notícias do Paraná
Marcelo Cattani deixou o governo após acompanhar Beto Richa desde 2002

De acordo com o jornal BemParaná, a possibilidade de Cattani deixar o cargo já existia desde o fim da eleição no ano passado. Na ocasião, chegou a ser avaliada a possibilidade da Secretaria de Comunicação ser extinta e incorporada a outra pasta, mas o jornalista foi confirmado no cargo.

“As mudanças são naturais, na administração pública ou privada. Coloquei meu cargo à disposição para dar total tranquilidade ao governador Beto Richa nas decisões que irá tomar pela frente”, disse Cattani.

Ele estava na equipe de Richa desde a campanha de 2002, quando o tucano foi candidato ao governo pela primeira vez. Também atuou como secretário da Comunicação quando ele foi prefeito de Curitiba.

“Foi uma grande oportunidade profissional. Beto Richa nos deu autonomia e apoio para realizar um trabalho dinâmico. Acredito que houve avanços muito importantes na comunicação de Curitiba e do Estado do Paraná nestes anos”, ponderou o jornalista.

Um pouco antes de assumir a secretaria municipal de Comunicação Social de Curitiba, Marcelo Cattani foi diretor de marketing da Fundação Cultural de Curitiba, presidente do Fundo Municipal de Cultura e diretor de marketing da prefeitura.

Beto Richa agradeceu o ex-secretário pela “competência, dedicação e lealdade” e pelo trabalho desenvolvido em 10 anos de parceria, desde a prefeitura, e compreendeu a decisão de deixar o governo para se dedicar a uma nova missão e projetos futuros.

Leia também