Após cancelar o telejornal "Notícias da Manhã", SBT demite 46 funcionários

Redação Portal IMPRENSA | 15/04/2015 11:30
O SBT demitiu na tarde da última terça-feira (14/4) 46 funcionários do telejornal "Notícias da Manhã", que encerrou suas atividades na sexta (10/4). O canal confirmou os cortes e alegou que não conseguiu reaproveitar todos os empregados após o cancelamento do jornalístico.

Crédito:Divulgação
Emissora alega que não teve como absorver os profissionais em outros programas

Segundo o portal Notícias da TV, metade deles trabalhava na redação como produtores e pauteiros. Os apresentadores Neila Medeiros, Bruno Vicari, Patrícia Rocha e Carolina Aguaidas continuam na emissora. Alguns repórteres do telejornal também devem permanecer.

Ainda segundo a publicação, os cortes afetaram todos os setores do jornalismo, produtores, editores, técnicos e até estagiários. O helicóptero do canal teve decolagens cortadas e as viagens foram suspensas.  

A faixa do "Notícias da Manhã" é ocupada por desenhos, que ganham mais duas horas na programação, das 7 às 9 da manhã. 

Leia também