Luiz Carlos Prates é demitido do SBT Santa Catarina após comentário sobre depressivos

Redação Portal IMPRENSA | 15/04/2015 14:00
O SBT Santa Catarina confirmou a demissão do jornalista Luiz Carlos Prates, que era comentarista do programa "SBT Meio Dia", após ele ter afirmado ao vivo que "pessoas que sofrem de depressão são covardes existenciais". 

Crédito:Reprodução
Comentário negativo do jornalista sobre depressivos causou sua demissão

De acordo com o Brasil Post, a polêmica começou depois do comentário de Prates, que também é psicólogo, sobre o piloto Andreas Lubitz, responsável pela queda do avião Germanwings, em março. 

"Ele não tem que ser chorado. Ele tem que ser execrado. O depressivo não tem que ser acarinhado, ele tem que ser duramente tocado nas suas verdades, porque ele é um covarde existencial. Nada de pena, mas até desprezo, se for o caso", disse o jornalista. 

A análise não foi bem aceito pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), que declarou, por meio de comunicado, que o comentário do jornalista provocou um "dano inestimável ao tratar com desdém a pessoa deprimida e ainda incentivar que outros a tratem de forma grosseira e desprezível". 

Em 2010, quando trabalhava na RBS TV, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul, Prates já havia se envolvido em outra polêmica. Na ocasião, o jornalista relacionou o aumento dos acidentes de carro à popularização dos automóveis, chegando a declarar que "qualquer miserável poderia ter um carro"


Assista ao vídeo:.