Jornalistas gregos decretam greve contra fim de veículos estatais e cortes de funcionários

Redação Portal IMPRENSA | 24/09/2013 10:00

Os sindicatos de jornalistas gregos anunciaram nesta terça-feira (24/9) uma greve em todos os veículos de comunicação públicos e privados para protestar contra o fechamento da ERT, emissora estatal de rádio e TV, bem como o corte de pessoal.


Crédito:Divulgação
Jornalistas são contra fechamento da emissora estatal de rádio e TV grega

De acordo com a rádio Voz da Rússia, a pedido da Federação Pan-helênica de Sindicatos de Jornalistas, do Sindicato de Funcionários de Rádio e da Televisão da Grécia e da Federação Pan-helênica da Mídia durante 3 horas não serão veiculadas notícias, exceto relatos de protestos em curso no país.


Os profissionais realizam protesto no âmbito da greve de 48 horas anunciada pela maior associação sindical do setor público para protestar contra as próximas demissões de funcionários públicos e medidas de austeridade.


Leia também

- Emissora estatal grega tem sinal restabelecido após quase um mês

- Na Grécia, funcionários de TV pública mantêm ocupação de sede da emissora

- Jornalistas de TV pública fechada pelo governo grego continuam a noticiar pela internet