Jornalista pede demissão após Globovisión censurar entrevista com Mario Vargas Llosa

Redação Portal IMPRENSA | 05/05/2014 15:00
A apresentadora Shirley Varnagy, que comanda um programa de entrevistas no canal venezuelano Globovisíon, anunciou em sua conta no Twitter que vai deixar a emissora. Segundo ela, o motivo seria a os cortes na edição da entrevista com o escritor Mario Vargas Llosa. 

Crédito:Reprodução
Apresentadora deixou a emissora por discordar de corte em entrevista

Shirley relatou que a conversa foi realizada com grande "esforço" e disse que não poderia "permanecer indiferente". A jornalista disponibilizou a íntegra da gravação em seu site e também agradeceu pela rede social aos que apoiaram sua decisão. "Eu não vou ficar em silêncio no meu espaço. Hoje eu parei de trabalhar para Globovisíon", anunciou ela.

O corte foi feito no momento que ela perguntou a opinião de Llosa sobre um artigo do escritor e jornalista Gabriel García Márquez, no qual falava de Hugo Chávez. No texto, Márquez mencionou um encontro com o líder bolivariano e revelou que não poderia dizer se tinha conhecido um dirigente “ao qual é oferecida a oportunidade de salvar o seu país” ou “um ilusionista, que poderia entrar para a história como apenas mais um déspota”.

Segundo o jornal La Prensa, além da jornalista, diversos profissionais se demitiram da emissora após a mudança de direção, promovida em março do ano passado. Desde então, o canal passou a endossar o discurso do chavismo.

Assista a entrevista na íntegra:








Leia também