Ex-primeira-dama francesa pode voltar a atuar como jornalista na TV

Redação Portal IMPRENSA | 06/05/2014 12:30
Valérie Trierweiler, ex-esposa do presidente da França, François Hollande, pode voltar a atuar na televisão, informou o diário francês Le Parisien. A jornalista, que já comandou um programa no canal Direct 8, manteve o contrato com a revista Paris Match e contatou algumas emissoras.

Crédito:Divulgação
Jornalista quer retomar a carreira após deixar de ser primeira-dama

Em entrevista ao Le Parisien, Valérie revelou que está melhor e se recompõe "pouco a pouco" da separação do presidente francês. "Recebo muitas cartas e mensagens de simpatia. Quero recordar o que de positivo teve a minha passagem pelo Eliseu", disse.

Em janeiro deste ano, a revista Closer divulgou uma série de fotos exclusivas que confirmariam os boatos sobre a relação secreta do chefe de Estado com a atriz Julie Gayet. A publicação foi condenada a pagar 15 mil euros para a atriz e obrigada a divulgar a decisão judicial na capa de uma de suas edições. Além disso, deverá indenizar a ex-primeira-dama em 12 mil euros (U$ 16,5 mil) por danos morais. Caso atrase o pagamento, terá de pagar 1,5 mil euros para cada dia de descumprimento. 

Leia também