China impede celebridades de apresentar programas de TV por "conteúdo impróprio"

Redação Portal IMPRENSA | 22/06/2015 14:00

A Xinhua, agência de notícias da China, informou nesta segunda-feira (22/6) que o órgão responsável por regular a mídia no país proibiu que celebridades atuem como apresentadores de programas televisivos. A medida que visa impedir e controlar "comentários impróprios de irem ao ar". 


Crédito:Reprodução
Órgão regulador da mídia proibirá celebridades de apresentar programas na China

Segundo a Reuters, a administração estatal da imprensa, publicação, rádio, filme e televisão, responsável pelo controle da mídia na China, ressaltou que apresentadores de televisão vão precisar, obrigatoriamente, ter qualificações vocacionais apropriadas, que serão avaliadas pelo órgão. A medida, segundo a instituição, é uma forma de combater o entretenimento vulgar e politicamente inapropriado. 

"Programas de televisão, incluindo noticiários, comentários e entrevistas, não devem recrutar convidados para o papel de coapresentador. Apresentadores de televisão são responsáveis pelo programa, guiando a audiência e controlando o ritmo da transmissão ao vivo. Portanto, não cabe aos convidados seres líderes ou apresentadores", disse a Xinhua, citando uma nota da estatal chinesa.