Portal IG promove cortes; demissões podem chegar a 30% da redação

Thaís Naldoni, gerente de Jornalismo de IMPRENSA | 21/09/2012 18:28

Atualizada às 21h15, de 22/09/2012

Seguindo a onda de cortes que atinge diversos veículos de comunicação brasileiros, o IG promoveu o desligamento de 12 funcionários nesta sexta-feira (21), entre jornalistas, pessoal de web 2.0, TV, além de outras áreas. Entre os demitidos está Débora Bresser, colunista de Moda. 


Leia também

iG divulga, oficialmente, venda da área de Conteúdo/Publicidade à Ongoing

 - Grupo português, dono do "Brasil Econômico", compra o portal iG


Segundo apurou IMPRENSA, os salários de funcionários temporários, PJ’s e editores com vencimentos acima de R$10 mil estão atrasados. Além disso, a verba do grupo está congelada e os cargos vagos não serão preenchidos.

 

Estima-se que, na próxima segunda-feira (24/09), novos cortes aconteçam e que as demissões cheguem a até 30% da redação, que já está enxuta. Na editoria de “Esportes”, por exemplo, não há setoristas para cada time e, na cobertura eleitoral, o portal não conta com os repórteres-carrapatos. 


ERRAMOS: Diferentemente do que foi publicado na nota, a jornalista Ana Lúcia Ribeiro, editora-executiva de "Gente", não está entre os demitidos do IG. Pedimos desculpas pelo equívoco.