Polêmica: Cláudio Abramo será homegeado com outra escultura. Mas Dória Jr continua sendo o dono da praça

Por Pedro Venceslau, da redação | 20/03/2006 08:22
A Praça Cláudio Abramo, no Jardim Europa, em São Paulo, receberá uma nova escultura para homenagear o jornalista que dá nome ao local. A antiga peça foi destruída em um acidente de carro e coletada como entulho pela prefeitura.

No lugar da peça de bronze em homenagem a um dos mais importantes jornalistas do país, o "gestor" da praça, jornalista João Dória Jr, instalou uma estranha escultura produzida por sua esposa, a socialite Bia Dória.

Diante da repercussão para lá de negativa, Dória Jr decidiu retirar a obra de sua esposa da praça que foi por ele adotada. A tardia decisão, entretanto, não comoveu o filho de Cláudio Abramo, Cláudio Weber Abramo. Na última quinta feira 16, ele encaminhou uma carta à Walter Feldman, secretário das subprefeituras de São Paulo, pedindo que a prefeitura rompa o convênio com a Dória Associados na gestão da praça. "É intolerável que esse indivíduo continue a gozar direitos sobre a praça. Ele tem de ser expulso dali", desabafou Claudio Weber, em entrevista para a revista Carta Capital.

Feldman chegou a ensaiar o rompimento, mas voltou atrás. O convênio de conservação com a Dória Associados será mantido. A nova peça em homenagem a Cláudio Abramo será feita de bronze, com base numa escultura do falecido artista Domenico Calabrone, e retratará um jornaleiro.