Danilo Gentili volta a acusar PT por queda de página no Facebook; partido nega

Lucas Carvalho* | 19/12/2013 17:45
Atualizada às 18h35

Após ter tido sua página no Facebook tirada do ar na tarde da última quarta-feira (18/12), o apresentador e comediante Danilo Gentili, do "Agora é Tarde", da Band, voltou a condenar militantes do PT pelo problema com a rede social em seu perfil Twitter, nesta quinta (19/12).

Crédito:Divulgação
Gentili acusou miltiantes do PT por problema na página; partido desmentiu

Gentili postou que o Facebook confirmou que o motivo da queda de sua página - que voltou ao ar no mesmo dia - foi causada por uma série de denúncias em massa, no que ele chamou de "cibermilitância política", e acusou um grupo de militantes do PT como os responsáveis pelo problema.

"O Facebook me ligou agora. Confirmou que constatou que foi cibermilitância política me denunciou em massa para tirar minha pagina do ar. MAV do PT é uma cibermilitância paga pelo PT para comentar em notícias xingando inimigos, denunciar p/ tirar paginas do ar, perfis fakes", postou o humorista.

O assessor de imprensa da sede nacional do Partido dos Trabalhadores, Geraldo Magela, informou à IMPRENSA que "não tem informações sobre o caso". "Pode acontecer de ter sido uma ação isolada de algum grupo de militantes do PT, mas o partido não tem qualquer controle ou coordenação sobre isso", disse.

O vice-presidente nacional do partido, Alberto Cantalice, responsável pelas interações do partido nas rede sociais, confirmou o posicionamento de Magela. "Esse cara [Danilo Gentili] fica o tempo todo fazendo difamação, mas isso não tem nada a ver com o PT. Nós somos vítimas de censura, nós não fazemos censura à ninguém", concluiu.

À IMPRENSA, a assessoria do Facebook Brasil disse que não confirma as afirmações do apresentador sobre contato com a rede social, bem como que a página dele tenha sofrido um ataque de cibermilitantes.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

Leia também