"Marighella", do jornalista Mário Magalhães, ganha prêmio literário internacional

Redação Portal IMPRENSA | 03/02/2014 16:45
O livro "Marighella - O guerrilheiro que incendiou o mundo", do jornalista Mário Magalhães, conquistou nesta segunda-feira (3/2) o Prêmio Literário Casa de las Américas 2014, na categoria literatura brasileira. O anúncio dos vencedores da 55ª edição do tradicional concurso foi realizado em uma cerimônia em Cuba.

Crédito:Divulgação
Jornalista recebeu o quinto prêmio pela publicação

Segundo o blog do autor, este é o quinto prêmio da biografia. Antes, o livro recebeu o Jabuti, APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), Direitos Humanos e o Prêmio Botequim Cultural. A obra conta a história de Carlos Marighella, militante político e um dos principais organizadores da resistência ao regime militar imposto em 1964 no Brasil.

O júri justificou o prêmio ao livro de Magalhães enaltecendo a "qualidade do texto" e o "rigor e consistência da investigação" do autor. "Diante dessa seleção, sento-me alegremente no banco de reservas, orgulhoso de entrar para o clube", diz o jornalista, lembrando os outros 17 premiados na mesma categoria, entre eles Oduvaldo Vianna Filho, Ana Maria Machado e Chico Buarque.

À IMPRENSA, Magalhães comemorou o prêmio agradecendo também ao público. "Esses cinco prêmios que o livro já recebeu, inclusive esse que é primeiro internacional, eu agradeço ao corpo de jurados e principalmente aos leitores, que receberam a obra com tanta generosidade. No mais, o prêmio fala por si", concluiu.

Leia também