Oscar Filho, repórter do "CQC", é agredido durante cobertura no Piauí

Redação Portal IMPRENSA | 17/02/2014 18:45
No último domingo (16/2), durante as gravações do quadro "Proteste Já", do "CQC", o repórter Oscar Filho foi agredido pelo jornalista Gil Sobreira, da equipe de assessores da prefeitura de Esperantina, no Piauí, quando se dirigia à Secretaria de Educação local para verificar o suposto envolvimento do atual prefeito em licitações irregulares.

Crédito:Reprodução/Twitter
Humorista postou foto enquanto estava na delegacia no PI

De acordo com a coluna de Flávio Ricco, no UOL, é possível que haja um vídeo do prefeito negociando com um empresário. A assessoria da Band confirmou que Oscar Filho teve um problema enquanto gravava uma matéria para o quadro.

Após a confusão, o repórter fez um Boletim de Ocorrência na delegacia local. Ele permanecerá na cidade até o fim das gravações.

Gil Sobreira também teria procurado a polícia, mas disse que foi o primeiro a sofrer a agressão. A nova temporada do "CQC" entra no ar a partir de 17 de março.