Imprensa mundial acredita em falsa notícia sobre a morte do intérprete de “Hulk”

Redação Portal IMPRENSA | 28/05/2014 18:05

Nesta quarta-feira (28/5), a imprensa mundial noticiou a falsa morte do ator Lou Ferrigno, intérprete do seriado "O incrível Hulk", exibido de 1978 a 1982, e de 1996 a 1997. A informação foi baseada em uma notícia falsa publicada em site que simula o jornal norte-americano USA Today.


Crédito:Reprodução
Ator usou as redes sociais para anunciar que estava vivo


A matéria, que enganou a mídia, dizia que “Hulk” teria morrido após um acidente de carro em uma estrada entre Santa Barbara e Goleta, nos Estados Unidos. O carro do ator teria capotado e ele morrido na hora.


Após a informação ser divulgada em diversos veículos, inclusive no Brasil — rádio Bandeirantes, UOL, Terra e G1 — o artista publicou um vídeo em seu perfil no Facebook desmentindo a própria morte. "Oi todo mundo, é o Lou Ferrigno. Estou indo ao banco, é uma ótima quarta-feira, bonita e ensolarada. Não estou morto, continuo vivo. Não acredite em tudo que ouve ou lê. Amo vocês, obrigado pela preocupação. Ainda vou sobreviver por muito tempo", disse Ferrigno.


Depois do vídeo de Ferrigno no Facebook, diversos portais corrigiram a informação, noticiando a gafe.


Leia também

Jornal alemão causa polêmica ao dizer que nome do mascote da Copa significa "ânus"

- Programa "New Day", da CNN, causa polêmica ao tuitar falsa morte de Pelé