“Vogue Kids” publica ensaio com crianças em poses sensuais e pode ser acionada pelo MP

Christh Lopes* | 11/09/2014 13:30
A edição deste mês da Vogue Kids não foi bem aceita pelos internautas e gera repercussão negativa entre usuários de redes sociais. Eles questionam um editorial com crianças em poses sensuais. A publicação, que retrata estilos para o público infantil, pode ser até acionada pelo Ministério Público.

Indignada com a situação, a roteirista Renata Corrêa compartilhou com seus seguidores as fotos que ilustram o ensaio "Sombra e água fresca” e pediu ajuda para quem não concorda com a situação na denúncia do caso tanto no MP, quando no Disk Direitos Humanos. “Muitas vezes quando pensamos em pedofilia imaginamos um tio pervertido ou em um cara se escondendo atrás de um computador, ou de algo escondido, secreto”, afirma a cineasta no Facebook. 

“Mas a gente não fala de uma cultura de pedofilia, que está exposta diariamente, onde a imagem das crianças é explorada de uma forma sexualizada”, acrescenta. A crítica as fotos tem sido bastante compartilhada e também foi retratada no blog Preliminares, da jornalista Carol Patrocínio.

IMPRENSA apurou que fotografias com conceitos semelhantes já ocuparam as páginas da revista. Procurada, a Vogue Kids afirma que não tem nada a declarar sobre a polêmica e que deve se pronunciar apenas mediante notificação dos órgãos competentes, caso seja questionada sobre o conteúdo das imagens.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

Leia também