Jornalista é assassinado a tiros dentro de casa no litoral norte de São Paulo

Redação Portal IMPRENSA | 24/12/2014 17:00

Na madrugada desta quarta-feira (24/12), o jornalista Marcos Leopoldo Guerra morreu após ser atingido por três tiros dentro de sua residência em Ubatuba, litoral norte de São Paulo. Ele era responsável pelo blog “Ubatuba Cobra”, que fazia acusações e denúncias contra políticos da cidade.


Crédito:Reprodução/Facebook
Jornalista fazia denúncias contra políticos de Ubatuba (SP)

Segundo O Globo, embora a polícia não tenha pistas sobre os assassinos do jornalista, já investiga se o crime tem relação com aatividade dele blogueiro.


Fausto Cardoso, delegado titular de Ubatuba, revelou que há alguns anos Marcos Guerra revelou ter recebido ameaças, mas não chegou a registrar boletim de ocorrência dos fatos.


Quando foi atingido, o jornalista estava na cozinha de sua casa. Os criminosos atiraram quatro vezes em sua direção, atingindo o rosto e no tórax de Guerra. Ele morreu no local.


O delegado revelou que testemunhas viram uma moto, com duas pessoas saindo do local após os disparos. Investigadores buscas casas na região que tenham câmeras de segurança para tentar identificar os criminosos.


Um dos últimos posts de Guerra no blog fazia referência à solicitação de R$ 500 mil para pavimentação de vias públicas de Ubatuba feita por um vereador a um deputado estadual que não foi reeleito nas eleições de outubro. Na denúncia, o jornalista dizia que “qualquer pessoa minimamente informada” saberia que como o parlamentar não foi reeleito, “o requerimento denº 100/14, da Câmara de Ubatuba, é totalmente inútil, servindo tão somente para tornar pública a ignorância de seus subscritores”.


Leia também

- Conhecido pela irreverência, radialista Iran Machado é assassinado em Itabaiana (SE)

- "Diário da Região" entra com mandado de segurança após ter sigilo telefônico quebrado

- STF remove censura contra "Gazeta do Povo" em reportagens sobre suposta compra de votos