iG demite 20 jornalistas e diz que "cortes" são reflexo da crise econômica do país

Vanessa Gonçalves e Matheus Narcizo | 14/05/2015 18:30
IMPRENSA apurou que cerca de vinte jornalistas da redação do portal iG foram demitidos na tarde desta quinta-feira (14/5). A empresa não confirma o número de demitidos, mas, em nota, revela que a mudança é reflexo da atual situação econômica vivida pelo país, que "tem impactado diretamente no setor publicitário e, consequentemente, no jornalismo". 

Crédito:Reprodução
Portal defende cortes como reflexo da crise econômica brasileira

"Apesar de delicado, o ajuste foi necessário para retomar o crescimento da empresa de forma saudável e sustentada no futuro", afirma a empresa. O iG ainda ressaltou que a reestruturação também faz parte de um processo de otimização de sinergias na área digital com as demais empresas participadas do grupo — os jornais O Dia, Meia Hora e Brasil Econômico

Mesmo com a crise, o iG afirma que vai continuar atuando diretamente em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, além das parcerias estratégicas para atuar no restante do país. 


Leia também

MPF tira rádio de MG do ar por alugar concessão sem autorização
ESPN fecha rádio após oito anos, demite funcionários e anuncia foco no digital
Sensacionalista anuncia "fim" das atividades, mas leitores acreditam em pegadinha