Profissionais de imprensa marcam presença na oficina "Fronteiras Cruzadas"

Guilherme Athaide | 18/05/2015 13:15


Cerca de trinta jornalistas estiveram presentes na Oficina Fronteiras Cruzadas, realizada por IMPRENSA, com o objetivo de se aprofundar na cobertura de fronteiras e contrabando no Brasil. O evento desta segunda-feira (18/05) foi realizado por IMPRENSA em parceria com o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco).

A iniciativa buscou discutir novas formas de levar à sociedade por meio de matérias jornalísticas os efeitos do contrabando. Profissionais de veículos nacionais, freelances e estudantes de jornalismo estiveram presentes acompanhando a palestra do repórter Mauri König, da Gazeta do Povo (PR). Ele é um dos profissionais mais experientes na cobertura de fronteiras e realiza reportagens sobre contrabando há cerca de 20 anos.

Foi em razão da presença do jornalista paranaense que Raquel Brandão, repórter do site do Estadão, esteve no evento. “O König é uma referência na área e eu percebi várias pautas possíveis sobre o tema”. Alexandre de Paulo, editor do Metro News, também saiu com um saldo positivo da Oficina. “É obrigação do jornalista buscar qualificação sobre o assunto. A população tem que ser crítica sobre a pirataria”, relatou. 

Sobre as Oficinas Fronteiras Cruzadas

IMPRENSA Editorial leva a São Paulo e Brasília uma oficina especial sobre a cobertura jornalística do contrabando e de outras atividades ilegais no Brasil. A ação FRONTEIRAS CRUZADAS promove o aperfeiçoamento profissional de jornalistas que cobrem esses temas por meio do networking, de orientação técnica e ética, e da apresentação de iniciativas midiáticas bem-sucedidas que minimizaram os impactos destes problemas na sociedade.

Serviço
Oficina Fronteiras Cruzadas em Brasília
Data: 25/05/2015
Local: Escola Superior de Advocacia – OAB-DF
End.: SEPN 516, Bloco B, Lote 7, Asa Norte, Brasília-DF
Horário: das 9h00 às 13h00