Rede Globo pode processar SBT por causa de reprise da novela "Pantanal"

Redação Portal IMPRENSA | 10/06/2008 19:11

Nesta terça-feira (10), a Rede Globo informou que o departamento jurídico da emissora se reuniu para avaliar as medidas que serão tomadas contra o SBT, que estreou, na última segunda-feira (9), a reprise da novela "Pantanal", exibida pela primeira vez pela emissora carioca.

A Globo afirma ser proprietária da história e das imagens, adquiridas diretamente do autor, Benedito Ruy Barbosa, e portanto, para a emissora, a reexibição da novela pelo SBT é ilegal. Já o canal de Sílvio Santos nega e se diz o verdadeiro dono dos direitos da novela.

O SBT comprou a novela "Pantanal" de um empresário que, por sua vez, adquiriu a obra há cerca de cinco anos, durante um leilão da massa falida da TV Manchete. O leilão foi organizado e realizado pela Justiça e o dinheiro pago pela novela teria de ser destinado obrigatoriamente a pagamento de direitos trabalhistas de prejudicados com a falência da Manchete.

Na última segunda-feira (8), o SBT decidiu colocar a novela no ar sem aviso prévio, logo após o telejornal "SBT Brasil", o que aumentou a audiência em três pontos, atingindo a um pico de oito no Ibope.

A emissora de Sílvio Santos diz que aguardará a notificação da Globo, caso ela ocorra, e afirma que continuará a exibir a novela.

As informações são do colunista Ricardo Feltrin, do UOL.

Leia mais:

-SBT tem dificuldades para reprisar "Pantanal" por direitos da novela serem da Globo